segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

32 ♥


Há algo em ti que mexe comigo. Não sei o que é, não sei o que é que em ti me prende tanto assim, mas é algo que só tu tens e é isso que te diferencia das outras pessoas. Nunca consegui ver isto em ninguém. É algo que me vai levando para um caminho destinado a ti, só a ti. Isso chega a assustar-me de alguma maneira, mas os teus 'efeitos' tiram-me esse medo. Não sei como e também não sei o porquê, mas de alguma forma entraste na minha vida e não foi um acaso do destino. Foi algo mais forte que isso, era para acontecer. Era para teres entrado na minha vida. Tens algo viciante, é como se fosse uma droga. E essa droga faz-me ser a pessoa mais egoísta do mundo quando o assunto é relacionado contigo. Viste o que fizeste comigo? Estou completamente dependente de ti. Dos teus carinhos, das tuas palavras. Necessito das tuas palavras, só para o meu dia se tornar melhor. Vicio-me em cada gesto teu para comigo. É como se soubesses o que eu quero e o que preciso naquele momento. Mas como toda a droga, tu também tens os teus efeitos contrários. Deixas-me triste às vezes e mesmo se saberes, magoas-me. Eu odeio sentir ciúmes de tudo o que vem de ti. Pode ser criancice, mas eu morro de ciúmes. E eu sinto tantos ciúmes assim, porque é como se alguém me estivesse a ameaçar de te tirar da minha vida, embora não sejas meu. Essa sensação é horrível, é algo que eu não consigo controlar. Tudo o que vem de ti, faz-me ficar melhor. O destino trouxe-te até mim, de uma forma tão inesperada, não imaginava que se tornaria assim, tão importante. Mas os dias foram passando e esse teu efeito sobre mim foi crescendo e agora eu não consigo livrar-me deste vício, sinceramente, não quero livrar-me dele. Droga, é isso o que eu te deveria chamar, não é? Vicio-me em ti a cada minuto, a cada segundo, todos os dias eu quero mais uma 'dose' de ti, mais um pouco desse teu jeito, do teu sorriso que me derrete completamente, das tuas palavras. E são essas tuas palavras que me fazem bem. E este sentimento só cresce, chega a dar um certo medo. É um medo de te ver ir embora, sabes? Este medo aqui dentro de mim é não ver-te mais na minha vida. És uma droga. Fazes-me viciar todos os dias, cada vez mais. Mas não posso negar que os efeitos desta droga, são os melhores do mundo. 

Sem comentários: